Voltar para o site coopermiti

“Acreditamos que o único
caminho para a mudança de
comportamento é através da
educação.”

APARELHO CELULAR MOTOROLA TALKABOUT Cdma

Empresa: Motorola Inc.

Ano: 1996



Motorola

Motorola, Inc. foi uma empresa de telecomunicações multinacional americana baseada em Schaumburg, Illinois. Após ter perdido 4,3 bilhões de dólares entre 2007 e 2009, a empresa foi dividida em duas empresas públicas independentes, a Motorola Mobility e a Motorola Solutions em 4 de janeiro de 2011. A Motorola Solutions é considerada a sucessora direta da Motorola, Inc., sendo que após a reorganização foi estruturada, a Motorola Mobility foi separada da empresa.

A Motorola planejou e vendeu equipamentos de infraestrutura de redes sem fio como estações base transmissoras de celular e amplificadores de sinal. Os produtos domésticos e para redes de radiodifusão da Motorola incluíam set-top boxes, gravadores de vídeo digitais, e equipamento de rede usado para transmitir a transmissão de vídeo, telefonia por computador, e televisão de alta definição. Seus consumidores empresariais e governamentais consistem principalmente de sistemas de voz sem fio e de banda larga (usada para criar redes privadas), e sistemas de comunicações públicos seguros como o Astro e o Dimetra. Esses negócios hoje fazem parte da Motorola Solutions. A Google vendeu a Motorola Home (a antiga empresa de cabo General Instrument) para o Arris Group em 2012.

No dia 15 de agosto de 2011 foi anunciado a venda da Motorola Mobility para a Google por US$ 12,5 bilhões. Em 22 de maio de 2014, o CEO da Google Larry Page anunciou a venda da Motorola Mobility para a empresa chinesa Lenovo, por cerca de U$3 bilhões de dólares.



Telefone celular

Telefone celular ou telemóvel é um aparelho de comunicação por ondas eletromagnéticas que permite a transmissão bidirecional de voz e dados utilizável em uma área geográfica que se encontra dividida em células (de onde provém a nomenclatura celular), cada uma delas servida por um transmissor/receptor. A invenção do telefone celular ocorreu em 1947 pelo laboratório Bell, nos Estados Unidos.

Há diferentes tecnologias para a difusão das ondas eletromagnéticas nos telefones móveis, baseadas na compressão das informações ou na sua distribuição: na primeira geração (1G) (a analógica, desenvolvida no início dos anos 80), com os sistemas NMT e AMPS; na segunda geração (2G) (digital, desenvolvida no final dos anos 80 e início dos anos 90): GSM, CDMA e TDMA; na segunda geração e meia (2,5G) (uma evolução à 2G, com melhorias significativas em capacidade de transmissão de dados e na adoção da tecnologia de pacotes e não mais comutação de circuitos), presente nas tecnologias GPRS, EDGE, HSCSD e 1xRTT; na terceira geração (3G) (digital, com mais recursos, em desenvolvimento desde o final dos anos 1990), como UMTS e EVDO; na terceira geração e meia (3,5G), como HSDPA, HSPA e HSUPA. Já em desenvolvimento a 4G (quarta geração).

Aparelhos análogos baseados no rádio já eram utilizados pelos autoridades policiais de Chicago na década de trinta, entre outras tecnologias.

A designação

Telefone móvel celular ou simplesmente "celular" (plural celulares) é a designação utilizada no Brasil. Este termo deriva da topologia de uma rede de telefonia móvel: cada célula é o raio de ação de cada uma das estações base (antenas de emissão/recepção) do sistema, e o fato de elas estarem contíguas faz com que a representação da rede se assemelhe a uma colmeia.

Em Portugal, esses equipamentos são chamados telemóveis, por aglutinação de "telefone + móvel". O termo apareceu quando o sistema de telefonia móvel apareceu em Portugal, nos finais dos anos 1980, pela mão do consórcio CTT / TLP (operador único de telecomunicações, na altura), que batizou este serviço (assente na tecnologia analógica AMPS) de "Serviço Telemóvel". O termo ganhou popularidade, em detrimento de "telefone celular", quando a segunda geração apareceu em Portugal,em 1992. Isto porque o consórcio CTT/TLP decidiu autonomizar os serviços de telefonia móvel, criando a TMN - Telecomunicações Móveis Nacionais S.A., que iria utilizar e o termo "telemóvel" para designar os equipamentos e não o serviço.



Cdma

CDMA (Code Division Multiple Access, ou Acesso Múltiplo por Divisão de Código) é um método de acesso a canais em sistemas de comunicação. É utilizado tanto para a telefonia celular quanto para o rastreamento via satélite (GPS) e usa os prefixos tecnológicos como o IS-95 da 1.ª geração -1G- e o tão popular IS-2000 da 3.ª geração -3G.

A tecnologia possui muitas variantes, o que muitas vezes causa confusão para os usuários: a primeira é a cdmaOne, que é da segunda geração (2G) de celulares; A outra é a CDMA2000, a mais utilizada, ambas produzidas pela Qualcomm.

Além dessas, ainda há o padrão W-CDMA, da terceira geração (3G) de celulares. Aqui alguns fatos:

• CDMA é usado como o princípio da interface aérea do W-CDMA.

• Os padrões CDMA (incluindo cdmaOne e CDMA2000), NÃO são compatíveis com os padrões W-CDMA.

Outra importante aplicação do CDMA - anterior e sem nenhuma relação com telefones celulares - é o Sistema de Posicionamento Global, o GPS.

No Brasil, a tecnologia CDMA começou a ser usada no início de 1998 pela Telebahia celular. A empresa que atua nesse padrão tecnológico é a Embratel.

Em Portugal, a Zapp fornece acesso à Internet utilizando esta tecnologia.

O acesso múltiplo por divisão de código (CDMA) é um formulário de multiplexação (não é um esquema de modulação) é um método do acesso múltiplo que não se divide acima do canal pelo tempo (como no TDMA), ou frequência (como no FDMA), mas preferivelmente codifica dados com um código especial associado com cada canal e usa as propriedades construtivas de interferência dos códigos especiais para executar a multiplexagem. O CDMA consulta também os sistemas celulares digitais do telefone que emprega este esquema múltiplo do acesso, tal como aqueles caminhos abertos pela Qualcomm, e W-CDMA pela união de telecomunicação ou pelo ITU internacional.

CDMA tem sido usado em muitos sistemas de comunicações, incluindo o sistema de posicionando global (GPS) e no sistema satélite OmniTRACS para a logística do transporte.

Em uma era em que as pessoas querem muito mais do que apenas falar ao celular, o CDMA (Code Division Multiple Access) é a tecnologia que possibilita uma melhor performance em aplicativos multimídia, como áudio, vídeo e imagem, além de transmissão de voz pelo celular. Além disso, é esta tecnologia que permite um conjunto de serviços inovadores e uma velocidade de transmissão desses aplicativos que nenhuma outra tecnologia propicia, já que é muito mais ajustada à era da comunicação interativa. Além disso, essa tecnologia permite também a localização de pessoas e lugares por meio de satélite e da triangulação das antenas (Estação Rádio Base, ou ERB) da operadora, garantindo ao cliente um amplo portfólio de serviços.

Além de ser muito útil e inovadora, essa tecnologia é a segunda mais usada pelas fábricas de telefone móvel. A primeira é a GSM.





https://pt.wikipedia.org/wiki/Lista_de_produtos_da_Motorola

https://pt.wikipedia.org/wiki/Motorola

https://www.google.com.br/search?q=APARELHO+CELULAR+MOTOROLA+CDMA&biw=1366&bih=571&source=lnms&tbm=isch&sa=X&ved=0ahUKEwj-8PyrvozNAhXDqh4KHbM3BuEQ_AUIBygC#imgrc=qDu4amg9A056IM%3A

https://pt.wikipedia.org/wiki/Telefone_celular

https://pt.wikipedia.org/wiki/CDMA