Voltar para o site coopermiti

“Acreditamos que o único
caminho para a mudança de
comportamento é através da
educação.”

A HISTÓRIA DA LAVA LOUÇAS

A máquina de lavar louças (dishwasher) é um aparelho que automatiza o processo de lavagem de louças. Muito encontrado em restaurantes, esse eletrodoméstico teve seu mercado expandido para o uso doméstico nos últimos tempos.



Por incrível que pareça há registros de uma lava-louça em 1850. Seu sistema era lento e extremamente manual feito de madeira; a pessoa precisava operar a máquina praticamente em todo o tempo de lavagem. Já em 1886, surge a primeira lava-louças com um padrão aceitável de funcionamento. Josephine Cochrane criou um sistema que impedia que suas louças e utensílios de porcelana fossem quebrados. Era um equipamento rudimentar com suporte para louça e sistema de jato de água. O invento passou a ser comercializado pela KitchenAid nos anos posteriores.



As lavadoras antigas eram dotadas de um suporte para pratos em um fuso com um reservatório de água embaixo. Esse suporte era girado por um eixo manual, e assim, a água era espalhada. Apesar de manter as louças protegidas, em termos de limpeza, essas máquinas pecavam. Com o passar do tempo os sistemas foram tornando-se mais mecânicos e eficientes.



Em 1920, o encanamento foi ligado ao sistema da máquina de lavar louças. O inventor William Howard Livens criou um pequeno aparelho que tinha muito do que vemos hoje nos aparelhos atuais, como por exemplo a porta frontal para suporte das louças. Esse modelo não foi um sucesso comercial. Somente em 1940, que com a chegada de sistemas elétricos para o mecanismo da máquina de lavar louças, estas tiveram aumento considerável no mercado.



Com o passar do tempo, as funcionalidades do tal eletrodoméstico foram aumentando, chegaram às funções timer, que poderiam calcular as etapas do processo de lavagem e também as medidas da quantidade de sabão, detergente ou qualquer outro produto específico para lavagem de louças.



O acesso ao interior da máquina foi algo que foi sendo mais bem trabalhado com o passar dos anos. Nos modelos antigos americanos, a abertura superior fazia com que os usuários tivessem dificuldade de suprir todo o espaço com as louças e na hora de retirá-las, encontravam certa dificuldade. Hoje com o sistema Front Load, ao abrir a porta pela frente do utensílio, o usuário tem acesso geralmente a dois racks ou cestas, que permitem o preenchimento do interior do lava louças, de maneira completa e fácil.



Hoje, as máquinas de lavar louças possuem sistemas de controle que a monitoram e verificam se o funcionamento está correto. Os sensores estão cada vez mais modernos, facilitando o uso correto e econômico da água.



Os sistemas de segurança fazem com que o lava louças esteja mais presente em lares hoje em dia. A trava especial para crianças é encontrada na maioria desses aparelhos, com isso, inúmeros acidentes reportados em um passado não tão distante, hoje, não preocupam mais donas de casa.



Em um lugar com rotina corrida, seja ele doméstico ou profissional, como um restaurante, esta máquina vem para facilitar e automatizar um processo que já foi feito em lagos, rios ou qualquer local com acesso a água limpa.







https://www.google.com.br/search?q=a+primeira+lava+lou%C3%A7a&biw=1366&bih=643&site=webhp&source=lnms&tbm=isch&sa=X&ved=0ahUKEwjM-Jr_tbTLAhUGIZAKHZCjBlwQ_AUICCgD#tbm=isch&q=lava+lou%C3%A7a+antiga&imgrc=E9Lo3E0hjHo7VM%3A

http://lavaloucas.blogspot.com.br/2011/12/historia-da-lava-loucas-o-fim-do-quebra.html



https://www.google.com.br/search?q=a+primeira+lava+lou%C3%A7a&biw=1366&bih=643&site=webhp&source=lnms&tbm=isch&sa=X&ved=0ahUKEwjM-Jr_tbTLAhUGIZAKHZCjBlwQ_AUICCgD#tbm=isch&q=lava+lou%C3%A7a+antiga&imgrc=KTo7h_P3ceORqM%3A