Voltar para o site coopermiti

“Acreditamos que o único
caminho para a mudança de
comportamento é através da
educação.”

MÁQUINA ELÉTRICA DE COSTURA SINGER ZIG ZAG

Empresa: Singer Corporation

Ano: 1952



Singer

Singer Corporation é uma manufatura norte-americana de máquinas de costura.

Foi fundada com o nome I.M. Singer & Co em 1851, pelo empresário e inventor Isaac Singer e o advogado nova-iorquino Edward C. Clark.

A companhia é a maior fabricante mundial de máquinas de costura doméstica. Presente em mais de 150 países, a Singer possui hoje quase 10 mil funcionários e é líder na maioria dos mercados em que atua.

A ideia de se costurar através de uma máquina surgiu no ano de 1760 e passou muito tempo despercebida. Inúmeros inventores desenvolveram projetos e patentearam novos modelos de máquinas de costura, porém, nenhum deles era prático.

A construção da primeira máquina de costura Singer, há mais de 160 anos, representou o ponto de partida de uma evolução que proporcionou a todas as mulheres, em todos os pontos do globo, os meios para realizarem suas tarefas de costura de forma mais produtiva, reduzindo os custos e o tempo despendido na confecção de roupas.

No ano de 1850, o Sr. Isaac Merrit Singer (mecânico, ator e inventor) conheceu, na oficina do Sr. Orson Phelps, uma máquina de costura. Ao analisar cuidadosamente o seu funcionamento, sugeriu modificações que revolucionaram sua fabricação. Em onze dias, estava pronta a primeira máquina de costura realmente eficiente. Singer solicitou uma patente em 1851 e continuou a melhorar sua máquina até sua morte, em 1875, aos 63 anos.

História

Em 1851, o Sr. Isaac Singer fundou a SINGER, que inicialmente enfrentou sérios problemas para introduzir seu produto, pois o público não acreditava que a máquina funcionava corretamente. Mas, aos poucos, o produto foi ganhando credibilidade.

Visando facilitar a compra das máquinas, a Singer foi pioneira na introdução do sistema de vendas a prazo. A empresa cresceu no mercado mundial e o nome Singer se firmou como sinônimo de máquina de costura.

Singer no Brasil

A história da Singer do Brasil se confunde com a própria história do país. Tudo começou em 1858, quando foi aberto no Rio de Janeiro,na Rua da Quitanda, o primeiro ponto de vendas das máquinas de costura no Brasil. A primeira loja da SINGER seria a terceira do gênero no Brasil, sendo inaugurada em 1860 na Rua do Ouvidor, 117.

Trinta anos depois, pelo decreto 9.996, a Princesa Isabel concedeu autorização para a SINGER funcionar no Brasil. O escritório central continuaria no Rio de Janeiro e foram abertas novas filiais: Niterói, Campos, São Paulo, Salvador, Recife e Pelotas. Nesta época, a Singer introduziu no Brasil o sistema de vendas a crédito, com pagamentos semanais de um mil réis.

Em 22 de agosto de 1905, a SINGER obteve o registro definitivo para operar no país. A organização expandiu-se e, em 1913, atingiu o recorde de 3 milhões de máquinas de costura vendidas em todo o mundo. Os vendedores não mediam esforços para introduzir os produtos e as filiais multiplicaram-se, gerando a decisão da instalação de uma fábrica de máquinas de costura. A Singer adquiriu, em meados de 1950, a tradicional Fazenda Palmeiras, com 300 alqueires de terra e localizada no bairro de Viracopos, município de Campinas. Em 1951, enquanto a SINGER Mundial comemorava 100 anos de existência, iniciava-se a construção daquela que seria a primeira fábrica de máquinas de costura da América Latina. A construção foi rápida e, em 14 de maio de 1955, foi inaugurada, pelo então Presidente do Brasil, Café Filho, e pelo governador do Estado de São Paulo, Jânio Quadros, a Companhia Industrial Palmeiras de Máquinas e Móveis.

Na época da inauguração, a SINGER empregava 548 pessoas. O crescimento foi tão rápido que, em 1958, a fábrica fazia a sua primeira exportação de 200 máquinas para o Chile. As vendas aumentavam e puxavam a produção. Novos produtos foram desenvolvidos e lançados no mercado brasileiro e a fábrica foi ficando pequena. Essa situação determinou um plano de expansão e a criação de outras duas unidades: a fábrica de Agulhas, em 1968, na cidade de Indaiatuba/SP aonde também é localizado o administrativo atualmente, e a fábrica de máquinas de costura, localizada em Juazeiro do Norte/CE, inaugurada em 1997.

Ponto em ziguezague

Um ponto em ziguezague é a geometria variante do lockstitch (mecânica mais comum do ponto feito por uma máquina de costura). É um vai e vem usado onde um ponto reto não será suficiente, como no reforço botoeiras, na costura de tecidos elásticos, e em juntarem-se temporariamente duas peças de trabalho borda a ponta.



Ao criar um ponto em ziguezague, o movimento de vai e vem da máquina de costura da agulha é controlado por um came (peça de rotação ou deslizamento de uma ligação mecânica usada especialmente para transformar movimento rotativo em movimento linear, ou vice-versa). Máquinas de costura feitas antes de meados dos anos 1960 carecem principalmente deste hardware e assim não podem produzir um ponto em zigue-zague, mas muitas vezes há anexos disponíveis que lhes permita fazê-lo.

O Supermatic foi o primeiro exemplo de uma máquina de costura com cams intercambiáveis, permitindo uma vasta gama de outros pontos em vez de apenas em zigue-zague e em linha reta.



Características do produto

• Engrenagens de ferro







https://www.google.com.br/search?q=M%C3%81QUINA+EL%C3%89TRICA+DE+COSTURA+SINGER+ZIG-ZAG&biw=1366&bih=599&source=lnms&tbm=isch&sa=X&ved=0ahUKEwiRzJXPgofOAhVEjJAKHTG6AJ4Q_AUICCgD#imgrc=CYPngLFlUFAONM%3A

http://mundodasmarcas.blogspot.com.br/2006/07/singer-machine-in-every-home.html

https://www.google.com.br/search?q=maquina+de+costura+singer+zig+zag+antiga&hl=pt-BR&biw=1920&bih=841&site=webhp&source=lnms&tbm=isch&sa=X&sqi=2&ved=0ahUKEwir6tPg7Y7MAhXCiZAKHelXA_sQ_AUICCgD&dpr=1#imgrc=CYPngLFlUFAONM%3A

https://translate.google.com.br/translate?hl=pt-BR&sl=en&u=https://en.wikipedia.org/wiki/Zigzag_stitch&prev=search

https://pt.wikipedia.org/wiki/Singer_Corporation