Voltar para o site coopermiti

“Acreditamos que o único
caminho para a mudança de
comportamento é através da
educação.”

MÁQUINA DE ESCREVER OLIVETTI STUDIO 44

Empresa: Ing. C. Olivetti & Co.

Data: 1963



Olivetti

Ing. C. Olivetti & Co., SpA., conhecida simplesmente como Olivetti, é uma empresa italiana, fabricante de computadores, impressoras e outros equipamentos empresariais. Foi fundada em 1908, na cidadade de Ivrea, na província de Turim, região do Piemonte.

A empresa é atualmente de propriedade da Telecom Italia. No passado também era uma das empresas italianas mais importantes no mundo, especialmente no campo das máquinas de escrever e calculadoras, antes do desenvolvimento e da popularização dos computadores portáteis.

Hoje em dia a companhia opera na Itália e Suíça, e tem associados de revenda em 83 países. A pesquisa e o desenvolvimento são feitos em Agliè, Arnad, Carsoli e Scarmagno, na Itália, e em Yverdon, na Suíça.

Recentemente a companhia voltou a comercializar uma linha de faxes, scanners e impressoras para escritórios.

Máquina de escrever

máquina de escrever, máquina datilográfica ou máquina de datilografia é um equipamento mecânico, eletromecânico ou eletrônico equipado com teclas que, quando acionadas, movimentam tipos, que imprimem letras, números e símbolos no papel, facilitando e dando maior agilidade ao processo de escrita.

As primeiras máquinas de escrever produzidas foram as manuais, com acionamento mecânico das teclas. Posteriormente, surgiram as eletromecânicas, com base de funcionamento mecânico, auxiliado por um motor elétrico para diminuir o esforço e dar maior agilidade na escrita. Finalmente, surgiram as eletrônicas, com acionamento dos tipos em margaridas ou esferas, capazes de alcançar melhor velocidade e qualidade de impressão, além da possibilidade de correção dos erros, com fitas corretivas.

Os modelos mais recentes para escritórios possuíam memória interna e pequenos monitores, com uma forma próxima dos primeiros computadores pessoais.

Breve História

A Remington, que antes se dedicava apenas à produção de armas, foi a primeira empresa a investir na produção de uma máquina de escrever, em 1874, já com uma configuração bem próxima do modelo que se tornou popularmente conhecido em todo o mundo.

A partir de 1880, as máquinas de escrever passaram a ser adotadas pelo mercado corporativo, em busca da legitimação dos documentos comerciais que eram produzidos em todas as transações.

O aumento da demanda despertou o interesse das indústrias para o novo produto, primeiro nos EUA e, depois, na Europa, com a Alemanha sendo um dos principais polos, que em seguida se espalhou para os demais países industrializados.

O mercado de trabalho também cresceu com a necessidade de contratação de datilógrafos, capazes de operar as novas máquinas com velocidade e precisão. Com isso, as mulheres passaram a ter espaço nos escritórios, redações e cartórios, assumindo funções nas áreas administrativas, o que consistiu em um dos primeiros movimentos para a conquista dos direitos femininos.





https://www.google.com.br/search?q=maquina+de+escrever+olivetti+studio+44&hl=pt-BR&biw=1920&bih=841&site=webhp&source=lnms&tbm=isch&sa=X&ved=0ahUKEwiLz7mS86nMAhXEUZAKHZZCDy4Q_AUIBygC#imgrc=hFlJVZj0ZmIymM%3A

http://www.casadovelho.com.br/625ed/antiga-maquina-de-escrever-olivetti-studio-44-ano-1963

https://pt.wikipedia.org/wiki/M%C3%A1quina_de_escrever