Voltar para o site coopermiti

“Acreditamos que o único
caminho para a mudança de
comportamento é através da
educação.”

MÁQUINA DE ESCREVER UNDERWOOD nº 5

Empresa: Underwood Typewriter Company

Ano: 1900-1920







Underwood



Em 1895, Franz Xavier Wagner projetou uma máquina de escrever que foi a precursora da máquina produzida por Underwood. Entre 1893 e 1895 trabalhou e planejou uma máquina nova e melhorada com a ajuda do Sr. W. F. Helmond, que o ajudou na seleção dos tamanhos e da escolha dos aços apropriados para sua fabricação.

O modelo que tinham produzido foi mostrado a John T. Underwood que nesse tempo era um fabricante de papéis de carbono, tintas, e fitas para máquinas de escrever, que tinha perdido o contrato da Remington para fornecer estes suprimentos.

Underwood percebeu que aquela era a primeira máquina em que o datilógrafo poderia ver cada letra enquanto era datilografada. Percebeu as grandes vantagens desta realização e abraçou a ideia.

Em 29 de março de 1895, foi criada a Wagner Typewriter Company, onde as máquinas de escrever originais foram fabricadas por Lambert e Edgar. Entretanto, eles fizeram somente 500 máquinas, pois existiu a necessidade de expandir suas dependências. Wagner Typewriter Company transferiu-se para a Rua Hudson, New York, mudando mais tarde o nome para Underwood Typewriter Company.

Em 1919, Underwood era o fabricante principal de máquinas de escritório e era a companhia que mais tinha vendido máquinas de escrever. A partir daí, começou a fomentar uma concorrência com a Corona, começando a produzir sua própria máquina portátil com o objetivo maior de se tornar o fornecedor dominante no mercado.



Características do produto

A equipe do projeto adotou a mecânica básica da Corona, com três fileiras em seu teclado e de um deslocamento duplo do carrinho para datilografar as letras maiúsculas e as figuras extras se necessárias (parênteses, asteriscos). Com grande genialidade a equipe de projeto de Underwood construiu a máquina do mesmo tamanho que a da concorrente, mas sem a necessidade de deslocar o seu carrinho.

Em 1919, as máquinas portáteis padrão Underwood eram um máximo em projeto e é ainda hoje uma das máquinas mais fáceis de manuseio. Talvez a única falha do projeto seja que a alavanca de retorno do carrinho necessitasse mais força para seu deslocamento que as demais.

Com o lançamento da Underwood n° 5, em 1900, a empresa conheceu o seu primeiro sucesso de vendas e este modelo tornou-se a "primeira máquina de escrever verdadeiramente moderna", de acordo com a cliente e especialistas. Com a n° 5, a Underwood Co. vendeu, até 1920, mais de dois milhões de unidades e até 1939, a empresa vendeu mais de 5 milhões de máquinas, somando todos os seus modelos.

Em dezembro de 1927 ocorreu a fusão entre a Underwood Co. e a Elliott-Fisher Company, criando a empresa Underwood Elliott-Fisher Company.

Durante a Segunda Guerra Mundial, a Underwood Co. produziu a carabina M1, como esforço de guerra.

Em 1959, a Olivetti comprou uma participação majoritária na Underwood Co. e em 1963 ocorreu a fusão com a Ing. C. Olivetti & Co., incorporando os modelos da Underwood nas unidades de fabricação da Olivetti. O nome Underwood permaneceu em alguns modelos fabricados pela Olivetti, até o início da década de 1980.













http://www.lorene.com.br/museu/peca.php?id=18

http://www.antiquetypewriters.com/collection/typewriter.asp?Underwood%201#.V5c-pn65fIW

https://www.google.com.br/search?q=M%C3%81QUINA+DE+ESCREVER+UNDERWOOD+5&biw=1366&bih=571&tbm=isch&imgil=fmOxhfZWNaoNGM%253A%253BVuQggX05FAYeWM%253Bhttp%25253A%25252F%25252Fwww.seculovintage.pt%25252Fmaquinas-de-escrever%25252Fmaquina-de-escrever-underwood-n-5-394.html&source=iu&pf=m&fir=fmOxhfZWNaoNGM%253A%252CVuQggX05FAYeWM%252C_&usg=__OV2JClBV74JMmlzXvGWI7gjbHbM%3D&ved=0ahUKEwjf1_eygZHOAhVHFpAKHWQwBPgQyjcIOQ&ei=eUeXV5-3H8eswATk4JDADw#imgrc=fmOxhfZWNaoNGM%3A

http://www.seculovintage.pt/maquinas-de-escrever/maquina-de-escrever-underwood-n-5-394.html

https://pt.wikipedia.org/wiki/Underwood_Typewriter_Company