Voltar para o site coopermiti

“Acreditamos que o único
caminho para a mudança de
comportamento é através da
educação.”

TELEFONE RÁDIO RELÓGIO DIGITAL CCE Rt 350

Empresa: Comércio de Componentes Eletrônicos (CCE)

Ano: Década de 80



Comércio de Componentes Eletrônicos

Comércio de Componentes Eletrônicos (CCE) é uma empresa brasileira de fabricação de eletrônicos. A empresa foi fundada em 1964 por Isaac Sverner com o objetivo de importar e comercializar componentes eletrônicos; entretanto, somente em 1971 é que a CCE iniciou a fabricação de equipamentos completos. A empresa é controlada pela Digibrás Participações, pertencente à família de Sverner. Em 2012, a empresa asiática Lenovo anunciou a compra da empresa, expandindo ainda mais sua participação no mercado no país, mas em outubro de 2015, a Lenovo devolveu o controle acionário para os Sverner.

Equipamentos de áudio

Os equipamentos modulares da CCE geralmente tinham status inferior aos similares da Gradiente e da Polyvox, tendo entretanto, a vantagem do preço mais acessível.

Outra característica que diferenciava a CCE das duas concorrentes citadas, é que ela sempre ofereceu equipamentos populares como os conjugados do tipo “3-em-1”, “2-em-1”, rádio-gravadores e outros eletrônicos portáteis como os rádios relógios.

Na década de 1970, a companhia japonesa Kenwood forneceu tecnologia para muitos dos equipamentos modulares da empresa. A CCE chegou a fabricar e vender equipamentos sob esta marca.

Mas, assim como outros fabricantes brasileiros de eletrônicos, a CCE não se limitou a clonar os equipamentos de um determinado fabricante. Alguns produtos foram nacionalizados, outros adaptados e modificados a partir de projetos de diversos fornecedores estrangeiros, além daqueles que foram projetados pela própria empresa.

Já no período de 1996 a 2002 a CCE fabricou e comercializou produtos de áudio (micro-systems) da fabricante japonesa Aiwa.







Relógio digital

Relógio Digital é um tipo de relógio que utiliza meios eletrônicos para manter as horas.

O relógio digital utiliza energia elétrica que é normalmente suprida por uma bateria de pequena carga. Ele utiliza um cristal piezoelétrico para gerar pulsos elétricos a uma frequência constante de 32 768 Hz, a qual é levada a um conjunto de divisores de frequência que, dividindo-a por 32 768 obtém-se um pulso por segundo. Usualmente, as horas são exibidas por meio de um visor de LEDs ou cristal líquido.

Como o cristal oscila a uma frequência constante, nos relógios digitais normalmente a 32 768 Hz, o que corresponde a 215, torna-se útil no uso em circuitos digitais, ou binários, pois o sistema de numeração binário tem como base o número 2.

Relógios digitais são pequenos, baratos e precisos, por isso, são encontrados associados a praticamente todos os aparelhos eletrônicos, como aparelhos de som, televisores, microondas e celular.

Entretanto, relógios de pulso analógicos são mais populares do que os relógios digitais. Uma variação bastante comum é o relógio analógico a quartz, que utiliza o mesmo sistema de geração de pulsos do relógio digital para movimentar ponteiros mecânicos.









https://www.google.com.br/search?q=TELEFONE+-+REL%C3%93GIO+DIGITAL+CCE+RT+-+350&hl=pt-BR&biw=1920&bih=805&source=lnms&tbm=isch&sa=X&ved=0ahUKEwibtba8h_HMAhVCFpAKHXjVCX4Q_AUIBygC#imgrc=NY6WNnfl6MU9mM%3A

https://pt.wikipedia.org/wiki/Rel%C3%B3gio_digital