Voltar para o site coopermiti

“Acreditamos que o único
caminho para a mudança de
comportamento é através da
educação.”

RÁDIO VITROLA PORTÁTIL MODELO OLGA

Empresa: Philips

Ano: 1955





Philips

Os alicerces daquela que viria a tornar-se uma das maiores empresas de eletrônica de todo o mundo foram lançados em Eindhoven, nos Países Baixos, em 1891. A Philips começou produzindo lâmpadas de filamento de carbono e, na virada do século, já era um dos maiores fabricantes da Europa.

Como o desenvolvimento das novas tecnologias de iluminação incentivou pesquisas destinadas a estudar fenômenos físicos e químicos e estimular a inovação dos produtos.

Já tinham sido criadas empresas de marketing nos Estados Unidos e na França, antes da Primeira Guerra Mundial, assim como na Bélgica, em 1919. Na década de 1920, assistiu-se a uma explosão no número de empresas desta área.

Nessa altura, a Philips começou a proteger suas inovações com patentes em áreas como os raios-X e a recepção de rádio, fato que marcou o início da diversificação da sua gama de produtos. Tendo introduzido um tubo de raios-X em 1918, a Philips envolveu-se nas primeiras experiências de televisão em 1925.

Começou a produzir rádios em 1927 e, em 1932, já tinha atingido 1 000 000 de unidades vendidas. Um ano mais tarde, a produção de válvulas de rádio chegou aos 100 000 000, tendo também iniciado a produção de equipamento médico de raios-X nos Estados Unidos.





Vitrola

Toca-discos, radiola, vitrola ou gira-discos é um aparelho eletrônico ou aparelho de som para tocar discos de vinil. Consiste de uma base que acomoda o prato circular, que gira no sentido horário acionado por um motor elétrico, com um pino central onde se deposita ou encaixa o disco ; à direita existe um braço pivotante contendo, na extremidade, uma cápsula fonocaptora e agulha para ser feita a leitura dos microssulcos do vinil. Para se ouvir o disco, desde o início, a agulha é colocada na borda externa do disco. As velocidades de rotação do prato podem ser de 16, 33 e 1/3, 45 ou 78 RPM, dependendo do modelo dos toca-discos e do disco que será tocado.

No auge do LP vários fabricantes colocaram no mercado muitos modelos, alguns bem simples, sem recursos e outros muito sofisticados, com variados recursos para audição de alta fidelidade, tais como ajuste fino da velocidade por meio de marcação estroboscópica, braços precisos, leves, com vários ajustes e equipados com cápsulas de excelente qualidade.

Um item muito importante é a cápsula fonocaptora e a agulha. Os toca-discos mais simples possuem cápsulas de pouco desempenho, enquanto que os toca-discos de alta fidelidade possuem cápsulas com excelente desempenho e com resposta de frequência superior, fazendo uso de agulhas elípticas que melhor se ajustam aos sulcos do vinil, permitindo uma leitura mais precisa e resultando em reprodução sonora superior.





Características do produto



• Rádio Fonográfico portátil de 8 transistores faixa BC.

• De 5.35 a 1605 KHZ.

• Frequência internacional de 455 a 16905 MHZ.

• Toca discos com 3 rotações – 33-45-78.





http://webcache.googleusercontent.com/search?q=cache:wEVvB-wjuv0J:acervomuseuderadios.blogspot.com/2010/09/radio-vitrola-modelo-olga-ano-1955.html+vitrola+museu&cd=5&hl=pt-BR&ct=clnk&gl=br&source=www.google.com.br



https://pt.wikipedia.org/wiki/Philips

https://pt.wikipedia.org/wiki/Toca-discos

https://www.google.com.br/search?q=VITROLA+PORT%C3%81TIL+PANASONIC&biw=1920&bih=911&source=lnms&tbm=isch&sa=X&ved=0ahUKEwiLupCDyrLOAhWMCpAKHfTvDjoQ_AUIBygC#tbm=isch&q=R%C3%81DIO+VITROLA+MODELO+OLGA&imgrc=p7nICEo3u-ufbM%3A