Voltar para o site coopermiti

“Acreditamos que o único
caminho para a mudança de
comportamento é através da
educação.”

AGULHA FONOCAPTORA MAGNÉTICA LE SON LB

Empresa: Le son





Toca-Discos

Toca-discos, radiola, vitrola ou gira-discos é um aparelho eletrônico ou aparelho de som para tocar discos de vinil. Consiste de uma base que acomoda o prato circular, que gira no sentido acionado por um motor elétrico, com um pino central onde se deposita ou encaixa o disco ; à direita existe um braço pivotante contendo, na extremidade, uma cápsula fonocaptora e agulha para se fazer a leitura dos microssulcos do vinil. Para se ouvir o disco, desde o início, a agulha é colocada na borda externa do disco. As velocidades de rotação do prato podem ser de 16, 33 e 1/3, 45 ou 78 RPM, dependendo do modelo do toca-discos e do disco que será tocado.

No auge do LP vários fabricantes colocaram no mercado muitos modelos, alguns bem simples, sem recursos e outros muito sofisticados, com variados recursos para audição de alta fidelidade, tais como ajuste fino da velocidade por meio de marcação estroboscópica, braços precisos, leves, com vários ajustes e equipados com cápsulas de excelente qualidade.

Um item muito importante é a cápsula fonocaptora e a agulha. Os toca-discos mais simples possuem cápsulas de pouco desempenho, enquanto que os toca-discos de alta fidelidade possuem cápsulas com excelente desempenho e com resposta de frequência superior, fazendo uso de agulhas elípticas que melhor se ajustam aos sulcos do vinil, permitindo uma leitura mais precisa e resultando em reprodução sonora superior.



Cápsula fonocaptora

A cápsula fonocaptora é encontrada em toca-discos de vinil. Trata-se de um transdutor em miniatura que ao percorrer as ondulações dos sulcos, transforma as vibrações mecânicas em impulsos elétricos, que por sua vez serão amplificados, resultando em som audível.

Os toca-discos mais simples possuem cápsulas de pouco desempenho, enquanto que os toca-discos de alta fidelidade possuem cápsulas com excelente desempenho e com resposta de frequência superior, fazendo uso de agulhas elípticas que melhor se ajustam aos sulcos do vinil, permitindo uma leitura mais precisa e resultando em reprodução sonora superior.

Tipos de cápsulas

Cápsula Cerâmica: Modelo mais simples de cápsula, onde a captação de cada canal é realizada por uma pequena lâmina piezoelétrica (cerâmica). Geralmente tem uma faixa de frequência de resposta mais limitada (100 Hz - 10 kHz). É o modelo que equipa o braço da foto ao lado.

Cápsula Magneto dinâmica (Moving Magnet): Onde o ímã é móvel e a bobina é fixa. Os movimentos, a partir das vibrações captadas pela agulha ao percorrer o micro sulco do disco de vinil, são transmitidas ao ímã, que se movimentando, faz variar a indução de seu campo magnético sobre a bobina, criando uma corrente elétrica através desta e originando o sinal de áudio.

Cápsula Dinâmica (Moving Coil): O ímã é fixo e a bobina é móvel. A bobina, movimentando-se dentro do campo magnético do imã, provoca a circulação de uma corrente elétrica através da bobina, originando o sinal de áudio.

Cápsula Magnética ou de Relutância Variável (lnduced Magnet): O ímã e a bobina são fixos num suporte. As vibrações são transmitidas a uma pequena lâmina que, ao vibrar, corta as linhas do campo magnético do ímã variando a indução sobre a bobina, acarretando a circulação de uma corrente e o sinal de áudio.



Tipos de agulhas

A agulha pode ser feitas de safira ou diamante.

Agulha Cônica (Conical, Spherical)

Agulha fonocaptora de secção transversal circular.

Agulha Elíptica ou Bi-Radial

De seção transversal semelhante a uma elipse, que emprega dois raios de circunferência diferentes.







https://pt.wikipedia.org/wiki/Toca-discos

https://www.google.com.br/search?q=AGULHA+FONOCAPTORA+MAGN%C3%89TICA+LE+SON+LB&biw=1920&bih=911&source=lnms&tbm=isch&sa=X&ved=0ahUKEwior_Ci0YDPAhVGOZAKHXl8AKgQ_AUIBygC#imgrc=vD3k5rb-XxawMM%3A

https://pt.wikipedia.org/wiki/C%C3%A1psula_fonocaptora