Voltar para o site coopermiti

“Acreditamos que o único
caminho para a mudança de
comportamento é através da
educação.”

FILMADORA JVC COMPACT VHS Gr Ax37

Empresa: JVC (Japan Victor Company)



JVC

A JVC (Japan Victor Company) é uma corporação internacional que produz equipamentos de áudio, vídeo e eletrônicos com sede em Yokohama, Japão. A empresa foi a responsável pela criação do VHS.

A JVC Brasil faz parte da divisão da JVC Americas Corp, subsidiária da Victor Company of Japan.

Atualmente a companhia se atém ao desenvolvimento e aperfeiçoamento de sua linha de câmeras digitais para filmagem, a série Everio como é conhecida foi a primeira linha com câmeras com HD.



Câmera de vídeo

Câmera de vídeo, filmadora ou câmara de vídeo é um dispositivo dotado de mecanismos que captura imagens em tempo real. Diferentemente da câmera fotográfica, a câmera de vídeo é capaz de registrar movimentos, trazendo assim uma maior dinâmica ao resultado final da produção.

Os movimentos são registrados tirando-se sucessivamente centenas (ou até milhares) de fotografias (quadros) da cena com grande rapidez (usualmente 30 por segundo). Durante a exibição, a imagem aparenta mover-se pois as fotos são exibidas mais rápido do que o olho humano é capaz de notar. Diferentes taxas de quadros por segundo (frequências) são utilizadas de acordo com a tecnologia empregada e a finalidade da filmagem. Câmeras de alta frequência (ex.: 1000 quadros por segundo) registram minuciosamente acontecimentos velozes (como disparos de armas de fogo), enquanto câmeras de baixa frequência podem ser usadas para a filmagem de nuvens ou do crescimento de vegetais.

No cinema, câmeras velozes (de muitos quadros por segundo) são utilizadas para gravar vídeos cujas frequências são reduzidas na pós-produção, gerando o famoso efeito de câmera lenta, sem que a imagem se mova "aos trancos" (como aconteceria se a filmagem não tivesse sido feita em alta frequência).

A evolução dos equipamentos eletrônicos fabricados em larga escala tornou a câmera de vídeo (ou câmera filmadora) um grande atrativo tecnológico, barateando substancialmente seu valor. Hoje se encontram vários tipos de mecanismos com preços competitivos, possuindo inclusive câmaras fotográficas que gravam e câmaras filmadoras que fotografam. Isso sem contar as webcams, dispositivos que, ligados a algum tipo de processador (como computadores pessoais), conseguem fazer a captura de imagens como uma câmara de vídeo e transmiti-la via Internet.

Como parte dessa evolução tecnológica, é importante notar o advento das micro câmeras. Essas pequenas engenhocas, utilizadas como câmeras escondidas, são empregadas em situações como espionagem, matérias de jornalismo investigativo e, também, flagrantes usados em quadros de humor de programas de auditório.



Video Home System

O Video Home System VHS, ou "Sistema Doméstico de Vídeo") é um padrão comercial para consumidores de gravação analógica em fitas de videoteipe. Foi desenvolvido pela Victor Company of Japan (JVC) na década de 70.

Em meados de 1950, a gravação em fita magnética se tornou um grande incentivador para a indústria de televisão, por vias dos primeiros video tape recorders (conhecidos como VTRs). Naquele período, os dispositivos eram usados apenas para caros ambientes profissionais como estúdios de televisão, e em ambientes médicos (fluoroscopia). Em meados de 1970, o videotape começou a ser utilizado de forma caseira, criando a indústria de home video, fazendo alterações nos negócios de televisão e filmes. A indústria de televisão via os VCRs como rivais de seu negócio, enquanto os telespectadores apenas viam no VCR uma forma de "ter controle" de seus hobbies.

Em 1980 e 1990, com o VHS no pico de sua popularidade, ocorreu-se a guerra do formato do videocassete na indústria de vídeos caseiros. Dois dos formatos, o VHS e o Betamax, receberam maior destaque na mídia. Todavia, o VHS ganhou a guerra, se consolidando como o maior e mais predominante formato de vídeos caseiros de seu período.

Posteriormente, os discos ópticos começaram a oferecer melhor qualidade que as fitas analógicas tradicionais, bem como o super-VHS. Um dos pioneiros deste formato, o LaserDisc, não foi muito bem recebido. Todavia, após a introdução do DVD em 1997, o mercado do VHS começou a entrar em declínio. Em 2008, o DVD conseguiu alcançar aceitação total, substituindo o VHS como formato de distribuição.

Em 2016, a Funai Electric que ainda fabricava leitores de VHS, anunciou que irá deixar de fazê-lo, uma vez que o processo para conseguir os componentes necessários tornou-se demasiado complexo.









https://pt.wikipedia.org/wiki/C%C3%A2mera_de_v%C3%ADdeo

https://www.google.com.br/search?q=FILMADORA+JVC+COMPACT+VHS+Gr+ax+37&biw=1920&bih=901&tbm=isch&imgil=eiv2JIRn9rb_3M%253A%253B7hguCAQRUuWX5M%253Bhttp%25253A%25252F%25252Fproduto.mercadolivre.com.br%25252FMLB-709394795-cmera-filmadora-jvc-modelo-gr-ax-37-_JM&source=iu&pf=m&fir=eiv2JIRn9rb_3M%253A%252C7hguCAQRUuWX5M%252C_&usg=__1Y332gkn-gtzENk_IMdsDcrvTOg%3D&dpr=1&ved=0ahUKEwic1Pz2yKPPAhUDHZAKHQoZBz0QyjcITg&ei=RB7kV5yiOIO6wASKspzoAw#imgrc=eiv2JIRn9rb_3M%3A

https://pt.wikipedia.org/wiki/Video_Home_System