Voltar para o site coopermiti

“Acreditamos que o único
caminho para a mudança de
comportamento é através da
educação.”

MULTI DISC PLAYER GRADIENTE Mdp 100

Empresa: IGB Eletrônica (Gradiente)

Ano: 1968



IGB Eletrônica

IGB Eletrônica é uma empresa brasileira de eletro eletrônicos. A empresa, fundada sob o nome Gradiente em 1964 no bairro Pinheiros em São Paulo, cresceu fortemente durante a década de 1970 devido principalmente a três fatores:

• a proibição da importação de equipamentos eletrônicos;

• o crescimento econômico brasileiro conhecido como milagre econômico;

• a implantação do pólo manufatureiro da Zona Franca de Manaus.

De uma fábrica de pequeno porte, a Gradiente transformou-se em um poderoso grupo do setor de eletro eletrônicos.

A Gradiente enfrentou problemas financeiros de 2007 até 2008. Além da concorrência mais acirrada, o que derrubou a empresa, segundo o próprio Eugênio Staub, foram dois outros fatores: a primeira foi a compra da Philco em 2005 por 60 milhões de reais. Dois anos depois, a empresa foi vendida por 22 milhões de reais, a fim de reduzir o rombo financeiro. Outro problema foram falhas administrativas que, em 2007, praticamente paralisaram a companhia.

Desde 2007 a empresa entrou em processo de recuperação e voltou ao mercado brasileiro no primeiro semestre de 2012.



Aparelho de som

Aparelhos de som podem ser definidos como qualquer aparelho eletroacústico que faça gravação ou reprodução de áudio, principalmente de musical.

O advento da tecnologia e principalmente da eletrônica permitiu o desenvolvimento de armazenamento de áudio e dos aparelhos de som. Desde seus primórdios, com a invenção do fonógrafo, essa reprodução eletrônica do áudio evoluiu até atingir seu auge na alta fidelidade, que faz uso da estereofonia.

A audiofilia procura melhorar o máximo possível esses aparelhos e a reprodução da música.

Componentes

Um aparelho de som é tipicamente composto por fontes de áudio, um amplificador, caixas acústicas e cabos. Estes componentes podem estar agrupados todos juntos como nos mini-systems e micro-systems atuais, ou podem estar separados e interconectados.



Reprodutor de DVD

Um reprodutor de DVD ou DVD player é um dispositivo para reproduzir discos produzidos sob o padrão DVD Video. A maioria dos reprodutores requer uma conexão com uma televisão, já alguns possuem um monitor LCD acoplado.

Um reprodutor de DVD precisa completar estas tarefas:

• ler um disco de DVD em formato ISO - UDF versão 1.2;

• opcionalmente decodificar os dados com CSS e/ou Macrovision;

• decodificar o vídeo em MPEG-2 com um máximo de 10 mbit/s ou 8 mbit/s contínuo;

• decodificar o som em MP2, PCM ou AC-3 e apresentar saída para uma conexão estéreo (RCA), óptica ou digital;

• apresentar um sinal de saída em vídeo, em formato analógico (PAL, SECAM ou NTSC) nos conectores composto, S-Video ou componente, ou em formato digital nos conectores DVI ou HDMI.

A maioria dos reprodutores de DVD também permitem que o usuário reproduza CD de áudio (CDDA, MP3 etc.) e VCD e incluem um decodificador para home theater (como Dolby Digital, DTS). Alguns dispositivos mais novos também reproduzem vídeos no formato de compressão de vídeo MPEG-4 ASP (DivX), popular na Internet.

Em 2005, o preço de venda desses aparelhos, dependendo de seus recursos opcionais (como saída de som ou vídeo digital), estão entre US$ 30,00 a US$ 80,00, geralmente mais baratos que videocassetes.

De longe, o maior produtor de reprodutores de DVD é a China. Em 2002, eles produziram 30 milhões de unidades, mais de 70% da produção mundial. Esses produtores têm de pagar cerca de US$ 20,00 por reprodutor em taxas de licenciamento, aos donos da patente da tecnologia de DVD (Sony, Philips, Toshiba e Time Warner) assim como as licenças para o formato MPEG-2. Para evitar essas taxas, a China desenvolveu o padrão EVD como o suposto sucessor do DVD, mas até 2004, esses novos reprodutores estavam à venda somente na China.

Existem também os softwares reprodutores de DVD, que permitem que usuários assistam aos vídeos num computador com um drive de DVD-ROM. Alguns exemplos incluem o VLC media player e MPlayer (ambos software livre), assim como o WinDVD, PowerDVD e DVD Player (Apple).







https://pt.wikipedia.org/wiki/Reprodutor_de_DVD

https://www.google.com.br/search?q=DVD+GRADIENTE+MDP-100&safe=active&sa=X&rlz=1C1AVNG_enBR695BR695&biw=1920&bih=901&tbm=isch&imgil=k8KvCU036lGarM%253A%253BEV_iIao5N71v-M%253Bhttp%25253A%25252F%25252Fproduto.mercadolivre.com.br%25252FMLB-789607347-multi-disc-player-gradiente-mdp-100-_JM&source=iu&pf=m&fir=k8KvCU036lGarM%253A%252CEV_iIao5N71v-M%252C_&usg=__lhj-gFFBlRpUPhpPdpeCBMIb5cc%3D&ved=0ahUKEwjYr6bV8pnQAhVFi5AKHRVQC7AQyjcIOw&ei=uSciWJjvK8WWwgSVoK2ACw#imgrc=cb6rxz__J5fDEM%3A

https://pt.wikipedia.org/wiki/IGB_Eletr%C3%B4nica

https://retroplayerbrazil.wordpress.com/uma-breve-historia-da-informatica-no-brasil/

https://pt.wikipedia.org/wiki/Aparelho_de_som