Voltar para o site coopermiti

“Acreditamos que o único
caminho para a mudança de
comportamento é através da
educação.”

RÁDIO GRAVADOR EVADIN Ctr 300 R

Empresa: Evadin





Evadin

A Evadin foi uma das maiores empresas de eletrônicos do Brasil, criada na década de 60, importando produtos da japonesa Mitsubishi e também com marca própria. Com o tempo foi fabricando televisores e outros produtos da Mitsubishi, em 1999 a Mitsubishi cancelou o contrato com a empresa brasileira, dando um prazo de até 3 anos para colocar outro nome nos produtos, mas a Evadin não fez o prometido e continuou lançando produtos com a marca Mitsubishi, enquanto isso no outro lado do mundo a Mitsubishi diz que seus produtos brasileiros não têm tecnologia japonesa e não tem suporte das autorizadas.

Em 2003 a Evadin não desiste do nome Mitsubishi, mas lança produtos com a Marca Aiko, como televisores e aparelhos de vídeos. No começo de 2007 a Evadin é notificada pela justiça por usar o nome Mitsubishi sem autorização, a mesma diz que sem o nome Mitsubishi a empresa iria à falência; a empresa retira os produtos Mitsubishi às pressas do mercado e relançando com o selo Aiko, a embalagem dos produtos tinha a seguinte frase:



" Os produtos Mitsubishi mudaram, agora é Aiko"



A Mitsubishi já tinha multado a Evadin, por uso indevido da marca, mas depois a empresa japonesa aumentou a multa somente pela frase, pois no Japão a Mitsubishi é concorrente da Aiko.

Depois do ocorrido a Aiko-Evadin tem sucessos de vendas, em computadores, televisões e celulares, mas seu lucro caiu, a empresa foi retirando seus produtos do mercado misteriosamente até desaparecer.

Em 2010 a justiça brasileira condena a Evadin á pagar a multa para a Mitsubishi de 1,5 bilhões de ienes, no mesmo ano a Evadin já não tinha nenhum produto no mercado.

Hoje a empresa fabríca produtos para outras marcas somente terceirizando a fabrica, enfim deixa saudades para muitas pessoas a antiga Evadin.



Gravador

O Gravador é um dispositivo eletrônico, criado para registrar e reproduzir sons em uma fita magnética.

Durante a gravação, o som é convertido através de um microfone em um sinal elétrico oscilante, que quando passa pelas espiras de um eletroímã produz um campo eletromagnético oscilante equivalente ao som recebido pelo microfone.

À medida que passa pelo eletroímã (cabeçote de gravação), a fita magnetiza-se, originando padrões que refletem o som da gravação. Na reprodução, o padrão magnético da fita produz em um indutor (cabeçote de reprodução) um sinal elétrico que, após ser amplificado, aciona um alto-falante.

Nas versões estéreo ambos os cabeçotes têm dois enrolamentos que operam de forma independente de forma que cada um deles é responsável pela gravação/reprodução de um dos canais (esquerdo e direito). Neste caso a fita, obviamente, tem que suportar a gravação de mais de um sinal ao mesmo tempo (em geral existem pistas magnéticas na fita, quatro ao todo, esquerdo e direito do lado A e esquerdo e direito do lado B, mas isso pode variar).





https://pt.wikipedia.org/wiki/Tectoy

https://www.google.com.br/search?q=GRAVADOR+DE+FITA+CASSETE+EVADIN&biw=1920&bih=901&source=lnms&tbm=isch&sa=X&ved=0ahUKEwiziL6a78HQAhVJH5AKHeYlCAsQ_AUIBygC#tbm=isch&q=GRAVADOR++EVADIN&imgrc=IckmD3SperUI2M%3A

http://tecnoemgeral.blogspot.com.br/2013/03/o-que-aconteceu-com-evadin.html

https://pt.wikipedia.org/wiki/Gravador