Voltar para o site coopermiti

“Acreditamos que o único
caminho para a mudança de
comportamento é através da
educação.”

RÁDIO TRANSISTORIZADO STK FM/AM

Rádio transistorizado

O rádio transistorizado é um pequeno receptor de rádio portátil que usa circuito baseado em transistor. Os primeiros rádios foram desenvolvidos em 1954, seguido da invenção do transistor que foi em 1947, tornaram-se o dispositivo de comunicação eletrônica mais popular da história, sendo produzidos bilhões nos anos de 1960 a 1970. Seu tamanho de bolso provocou uma mudança nos hábitos de escuta de música, permitindo que as pudessem ouvir música em qualquer lugar. No começo da década de 1980, os rádios AM baratos foram substituídos por aparelhos com melhor qualidade de áudio como, CD players portáteis, leitores de áudio pessoais, e caixas de som.

História

Antes de o transistor ter sido inventado, os rádios usados eram criados usando válvula eletrônica. Embora tenham sido criados rádios portáteis valvulados, eles eram volumosos e pesados, devido às grandes baterias necessárias para abastecer o alto consumo de energia dos tubos.

Bell Laboratórios demonstrou o primeiro transistor em 23 de dezembro de 1947. Depois de obter a proteção das patentes, a empresa realizou uma coletiva de imprensa em 30 de junho de 1948, onde foi demonstrado um protótipo de rádio transistor.

Há muitos pretendentes ao título de primeira empresa a produzir rádios transistorizados. Texas Instruments havia demonstrado a utilização de rádios AM (modulação de amplitude) em 25 de maio de 1954, mas o seu desempenho foi bem inferior ao de modelos valvulados. Um rádio foi demonstrado em agosto de 1953 em uma Feira em Düsseldorf pela empresa alemã Intermetall. Foi construído com quatro de transistores feitos à mão pela Intermetall. No entanto, como acontece com as primeiras unidades, a Texas Instruments (e outros) construíram apenas protótipos. RCA havia demonstrado um protótipo de rádio transistorizado em 1952, mas Texas Instruments e Regency Divisão de IDEA foram os primeiros a oferecerem um modelo de produto a partir de outubro 1954.



Rádio AM

Rádio AM é o processo de transmissão através do rádio usando Modulação em Amplitude. É transmitido em várias bandas de freqüência. Foi por oitenta anos o principal método de transmissão via rádio. Caracterizado pelo longo alcance dos sinais, a frequência AM está sujeita a interferências de outras fontes eletromagnéticas.

História

As primeiras transmissões utilizando a frequência iniciaram-se em 1906 por Reginald Fessenden. Até a I Guerra Mundial era utilizada para transmissão de músicas e recados diversos. A situação modificou-se com o surgimento das rádios comerciais, que deram início à era de ouro do rádio, que foi da década de 20 até os anos 50.

No Brasil as primeiras transmissões AM surgiram com a emissora de Roquette-Pinto, que em 1923 fundou a Rádio Sociedade do Rio de Janeiro. Em 1936 a rádio transformou-se em Rádio Ministério da Educação, que propaga o ensino à distância. Hoje, essa emissora se chama MEC AM, e pertence à EBC (antiga Radiobrás)

As frequências AM foram fundamentais na vida do brasileiro em meados do século XX. As rádios de longo alcance, como a Rádio Nacional do Rio de Janeiro, a Super Rádio Tupi e a Rádio Record, que atingiam quase 100% do território nacional ajudaram a propagar os times cariocas e paulistas de futebol por todo o Brasil.

Recentemente, diversas rádios AM passaram a retransmitir seu sinal em FM. É o caso da Rádio Guarani em Belo Horizonte, da Rádio Bandeirantes em São Paulo e da Rádio Clube de Brasília.

Migração de Rádio do AM para o FM no Brasil

Com o problema de interferências nos grandes centros urbanos e a produção cada vez menor de aparelhos com recepção de sinal AM, em 2013 o governo federal começou a estudar a possibilidade de migração dessas estações para os atuais canais cinco e seis de TV analógica, isso será possível assim que o sinal de televisão digital for implantado em todo o território nacional até 28 de novembro de 2018, com isso as estações de rádio passarão a ocupar a faixa de frequência adjacente à das rádios FM. Projetos similares já deram certo em países como os Estados Unidos e México. Em 7 de novembro de 2013, foi assinado o decreto que permite a migração às emissoras de rádio que operam na faixa AM migrarem para a faixa FM.

A Rádio Progresso de Juazeiro do Norte, foi a primeira emissora a fazer a migração do AM para o FM no país. A solenidade que marcou a mudança de faixa ocorrer sexta-feira dia 18 de março de 2016, às 20h30, na sede da emissora, e contou com a participação do ministro das Comunicações, André Figueiredo.



Características do produto

• Rádio de madeira

• Seletor manual















https://pt.wikipedia.org/wiki/R%C3%A1dio_AM

https://pt.wikipedia.org/wiki/R%C3%A1dio_transistorizado

https://www.google.com.br/search?q=R%C3%81DIO+STK&rlz=1C1AVNG_enBR695BR695&source=lnms&tbm=isch&sa=X&ved=0ahUKEwjm0LKusIDSAhWMDJAKHR0jChQQ_AUICSgC&biw=1920&bih=950#imgrc=wPqRbNlbkU4YgM: